2020-12-18

Conversas da Casa Comum ONU75 Parceria com MAHB – Universidade de Stanford EUA

Paulo Magalhães CCH em parceria com MAHB-Universidade Satnford EUA


A CCH - Casa Comum da Humanidade ( https://www.commonhomeofhumanity.org/) promove as Conversas da Casa Comum – “Common Home Conversations Beyond UN75”. Esta organização global com sede em Portugal, na Universidade do Porto, lança uma campanha de divulgação internacional da sua iniciativa “Um Sistema Terrestre, um Património Comum, um Pacto Global”, em parceria com a agência de notícias “The Planetary Press”. 

Semanalmente, todas as quartas-feiras e até à UNEA5 em fevereiro de 2021, será discutido com destacadas personalidades globais, como a proposta de reconhecimento jurídico de um bem comum Intangível Global sem fronteiras - o Sistema Terrestre - pode mudar a nossa relação com o nosso planeta.

Esta semana publicamos uma entrevista a Paulo Magalhães, Fundador e Presidente da Casa Comum da Humanidade, no âmbito da parceria entre a Casa Comum da Humanidade e a MAHB (Millennium Alliance for Humanity and the Biosphere) da Universidade de Stanford (Silicon Valley, Califórnia, EUA), uma das mais prestigiadas do Mundo, que já ganhou 85 Prémios Nobel.

Paulo Magalhães já foi um dos entrevistados das “Conversas da Casa Comum ONU75”, que serão retomadas depois do período festivo, já no início do próximo ano (veja o 4º episódio com Paulo Magalhães aqui: Conversas da Casa Comum - ONU 75 4º Episódio com Paulo Magalhães (sgambiente.gov.pt).

Paulo Magalhães afirma que “a emergência climática é o resultado lógico da utilização não regulamentada no direito internacional do Sistema Terrestre”, e de um bem comum global “mal gerido, o clima estável, devido à falta de uma definição jurídica adequada.

É preciso uma nova economia capaz de produzir, restaurar e renovar os serviços naturais prestados pelo Sistema Terrestre”.

Leia a entrevista integral aqui: A Legal Framework for Protecting the Biosphere and Living Sustainably - A MAHB Dialogue with Paulo Magalhães, Founder of Common Home for Humanity | MAHB (stanford.edu).

Está disponível em português aqui: Expresso | Paulo Magalhães: “É preciso uma nova economia capaz de produzir, restaurar e renovar os serviços naturais prestados pelo Sistema Terrestre”.

Para compreender melhor o conceito da CHH, aceda aos vídeos através do link: CHH in a Visual Glimpse | Commonhomeofhumanity.

A décima primeira conversa com o diretor do Centro de Direito Ambiental da Universidade de Auckland, na Nova Zelândia, Klaus Bosselmann, já se encontra disponível de forma gratuita em português, aqui: Expresso | Klaus Bosselmann: “Um clima estável deveria ter o mesmo reconhecimento jurídico internacional que os direitos humanos”.